23 abril 2014

Todas as coisas que você me ensinou


Nos últimos tempos tenho sentido muito a sua falta, saudade mesmo sabe, ouvi nossa musica tocando por acaso em uma esquina qualquer, as pessoas que passavam por ali não faziam ideia de quanta historias aquelas palavras carregavam, nossa historia.

A gente acabou sem um fim, não teve uma grande briga, um ‘a gente precisa conversa’, você simplesmente abandonou a cena do crime, nosso crime, e me deixou sozinha, cobriu a ferida com uma fina camada de indiferença e seguiu como se nada tivesse acontecido.

Foi ai que comecei a te tratar como um erro, um grande erro que precisava ser esquecido, lutei com todas as minhas forças, fiz o impossível para tirar o gosto dos seus beijos e o calor dos seus braços que estavam tão presos em mim.

Agora que dor acabou, que a magoa se foi e que o desespero de não ter mais você já não existe consigo ver todas as coisas que você me ensinou sobre a vida, sobre amor, saudade, distancia, confiança e maturidade, sobre o bem que fazer loucuras de vez em quando pode trazer, também me ensinou muito sobre autoconfiança, a acreditar em mim e na minha capacidade de ser e fazer tudo que quiser.

Talvez você tenha realmente sido um erro, mas dizem que é errando que se aprende e eu realmente aprendi muito com você, então muito obrigada por essa experiência, por esse aprendizado, por aqueles momentos, depois de um ano me sinto realmente pronta para seguir, aquela frase que você abandonou pela metade esta sendo concluída e acabo de colocar um ponto final nela.


3 comentários:

  1. Que texto lindo, adorei o tema e o final de "superação". Qualquer dúvida sobre arquitetura e urbanismo que eu puder ajudar é só falar ;)
    xoxo e sucesso pra você e pro seu blog ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada ! :)
      Muito sucesso para você tbm !

      Excluir
  2. Achei muito lindo esse texto, porque mostra superação, uma das minhas palavras preferidas no dicionário.

    Bjos

    emmeumundodiferente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo