10 outubro 2013

O Fim está chegando!


- Será que algum dia vamos ficar sem assunto? Perguntei com um leve sorriso no meio de uma conversa qualquer.

- Sei lá, até hoje nunca aconteceu. Você respondeu, rindo como se aquilo fosse algo impossível.

O tempo passo e por muito aquelas palavras pareciam reais, tenho certeza que já não lembra mais dessa pergunta, mas eu lembro, principalmente agora que o silêncio tem preenchido o espaço entre nós por tempo demais, que os intervalos entre as palavras e as risadas têm sido cada vez maiores.

Fico me perguntando como e por que deixamos isso acontecer, me lembro como se fosse ontem a velocidade com que a confiança e o carinho foram construídos, te conhecia há tão pouco tempo e te confiei minha vida, e por mais estranho que pareça não me arrependo.


Sinto como se você estivesse me escapando por entre os dedos, nunca me sentir assim com você, como se não pudesse fazer nada de errado, como se em um simples passo em falso tudo fosse para os ares, acho que estou te perdendo e não sei o que fazer quanto a isso, o relógio esta correndo contra mim em todos os sentidos, você vai embora eu estou sentido, por mais que diga não, eu sei que vai, e a marca dessa vez vai ser maior, um simples corte de cabelo, mudança de cor ou furo na orelha não vão representa-la, não vão precisar ela vai estar muito visível no meu olhar, no meu falar e em tudo que eu fizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo